25 de jul de 2012

Biblioteca Comunitária


Desde o início do ano de 2012, temos recebido doações de livros literários e didáticos com a intenção de montarmos uma biblioteca Comunitária na Comunidade do Dendê.

Na última semana recebemos uma doação de cerca de 3.000 livros e já temos mais 2.000 pra buscar.

Temos ouvido alguns professores e pedagogos declararem que se as crianças forem ensinadas com amor, poderemos mudar a triste história da educação no nosso país.

A adequação do espaço onde funcionará a Biblioteca está na reta final e em breve estaremos inaugurando e dando início a mais este projeto.

Para fazer sua doação, entre em contato conosco.

12 de jul de 2012

Vale a Pena Acreditar!

Quando a AREVAH começou a trabalhar com a Escolinha Esfera Futebol, nosso objetivo era transformar de alguma forma a realidade e os sonhos de crianças de Comunidades carentes.

Começamos com aproximadamente 12 meninos. Ao final de 2011 já eram cerca de 90 e agora, em julho de 2012, temos 120 meninos matriculados.

Aos poucos fomos somando parceiros, voluntários, gente com a mesma visão e com muito trabalho conquistamos o lanche para cada criança às terças e quintas, onde muitos alunos fazem dessa, a única refeição do dia. Às 18h00! Triste realidade pouco divulgada pelas nossas autoridades! Mas temos feito nossa parte.

Com a chegada do Professor José Luiz oferecendo aulas de reforço escolar gratuitas aos alunos, ganhamos mais um incentivo a continuar, pois a cada treino os meninos vem até nós para comunicar as boas notas, especialmente em Matemática.

Mas um dos testemunhos que mais nos encoraja a prosseguir é do garoto ANDERSON.
Um garoto bom bola que de repente parou de frequentar a escolinha. Isso é até que normal. Uns param por um tempo e depois retornam. Mas ANDERSON não voltou.

No treino do dia  05 de julho de 2012, recebemos a visita de seu pai na quadra que foi justificar a ausência do filho nos treinos e então veio a surpresa: No final de um dos treinos em que ANDERSON participou, um "olheiro" o convidou para fazer um teste. Ele então foi junto com o pai para o Flamengo, passou nos testes e está jogando na Itália! O pai está de volta ao Brasil preparando a mudança da família toda.

Fazer um trabalho voluntário, com pouquíssimos recursos, sejam materiais ou humanos, num lugar totalmente desacreditado pelos próprios moradores e sem investimento nenhum do governo é realmente muito difícil. Mas quando descobrimos que a real necessidade dessas pessoas é amor, carinho e respeito e sabendo que temos isso de sobra pra investir em suas vidas, então investimos pesado e podemos viver experiências como estas que dinheiro nenhum pode pagar.

Por isso não nos cansamos de convocar a todos a investir neste projeto de alguma forma para que outros "ANDERSON" possam ter outras oportunidades e familias possam ser transformadas e viver com dignidade!